Teleconversor: conheça suas vantagens e desvantagens

6 minutos para ler

O universo da fotografia oferece milhares de possibilidades para profissionais e entusiastas. São inúmeros equipamentos e muitas maneiras diferentes de se conseguir imagens com maior qualidade. O grande problema é que a maioria desses acessórios costuma ter um preço muito alto no mercado, o que pode inviabilizar, por exemplo, a compra daquela teleobjetiva tão sonhada!

Felizmente, existem algumas alternativas mais acessíveis, principalmente para quem está em busca de uma teleobjetiva. E a principal delas é o teleconversor.

Quer saber mais sobre esse equipamento? Então continue lendo este post!

O que é um teleconversor?

Também chamado simplesmente de “conversor”, é um equipamento capaz de multiplicar a distância focal de uma objetiva, transformando lentes de distância normal ou grande angular em verdadeiras teleobjetivas.

Na maioria das vezes, ele é compacto e leve, o que faz com que o peso total do equipamento não seja muito alterado. Na verdade, é possível que uma objetiva mais compacta aliada a esse equipamento resulte em um kit mais leve do que uma teleobjetiva, que pode pesar alguns quilos sozinha.

Teleconversores podem ser encontrados, basicamente, em duas versões: mecânicos ou eletrônicos. A primeira versão faz apenas a conversão ótica da objetiva, transformando todos os outros comandos em funções manuais.

Já a versão eletrônica mantém o menu operacional da câmera, podendo a mesma ser operada em modo automático. O único ponto negativo é que o foco automático com o teleconversor eletrônico tende a ficar um pouco mais lento e impreciso.

Já em relação à capacidade de ampliação, é possível encontrar 3 versões no mercado: 1,4 X, 1,7 X e 2 X. Como você já deve ter imaginado, o teleconversor 1,4 X amplia a capacidade da objetiva em 40% de alcance, o 1,7 X em 70% e o 2 X amplia a imagem em 100%.

As versões mais utilizadas são a 1,4 X e 2 X, já que a diferença de ambas para a 1,7 X costuma ser pequena demais para valer a compra.

Quais as vantagens do teleconversor?

A princípio, a grande vantagem está na economia. Além de ter um preço bastante acessível (é possível encontrar modelos que variam entre US$ 300,00 e US$ 500,00), ele funciona com qualquer objetiva que você tiver à disposição, aumentando as possibilidades na criação de imagens.

Outro ponto positivo na utilização desse aparelho é o peso. Teleobjetivas de longo alcance, como as que atingem distâncias focais de cerca de 600 mm, podem ultrapassar os 4 kg. Tudo isso sem contar o conjunto com o corpo da câmera, bateria, grip, entre outros.

Nesse sentido, é possível utilizar uma objetiva de 300 mm em conjunto com um teleconversor 2 X e ter o mesmo alcance de uma 600 mm, com muito menos peso para carregar. Se considerarmos, ainda, câmeras com sensor “cropado”, ou seja, aquelas que não utilizam toda a área da lente, é possível multiplicar o resultado por 1,4 X ou 1,5 X, dependendo da fabricante da câmera.

Quais as desvantagens do teleconversor?

Apesar de ser um equipamento extremamente popular e recheado de vantagens, é preciso também apontar alguns pontos negativos. Dessa forma, você será capaz de avaliar se ele será realmente útil para você.

Primeiramente, é fundamental ressaltar que o seu uso resultará na perda de luminosidade, devendo ser compensada na fotometria. Enquanto os modelos 1,4 X reduzem a abertura da objetiva em cerca de 1 stop de luz, os modelos 2 X perdem o dobro de luminosidade.

Como a maioria das fotos feitas com teleconversores são feitas durante o dia, essa perda de luminosidade é facilmente compensada com ajustes de velocidade do obturador e sensibilidade ISO.

Outro ponto negativo diz respeito à compatibilidade entre o equipamento e o modelo da câmera e da objetiva. É muito comum que marcas alternativas não se comuniquem muito bem com o software da câmera e, muito menos, com funções importantes como o foco das objetivas.

Isso pode resultar em uma certa dificuldade para focar as imagens, o que faz com que o teleconversor não seja tão recomendado para fotos como esporte e natureza, como fotos de pássaros e outros animais, por exemplo, que se movimentam rapidamente.

Por isso, caso você opte por utilizá-lo, é possível que precise lançar mão do recurso do foco manual, trazendo para a sua habilidade a precisão em focar. Apesar de ser um pouco mais difícil, com a prática o uso do foco manual pode ser mais preciso que alguns modelos de teleconversor.

Quando usar o teleconversor?

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens principais, já deve ter entendido que o uso desse tipo de equipamento depende mais da necessidade e das condições financeiras do fotógrafo do que de uma área específica de atuação.

Isso porque um teleconversor por ser utilizado com sucesso em praticamente qualquer área da fotografia. Apesar de ser mais comum o uso desse tipo de aparelho por fotógrafos de natureza, por exemplo, nada impede que você o utilize para transformar sua 50 mm em uma 100 mm e fazer retratos ainda melhores.

Se você está entrando em uma área da fotografia que exige o uso de teleobjetivas muito longas, mas não tem como bancar esse tipo caro de equipamento, o teleconversor pode ser uma boa opção, principalmente no começo. Nada impede você de fazer boas imagens, basta apenas entender as limitações do equipamento!

O teleconversor vale a pena?

A utilidade de um equipamento como o teleconversor é muito pessoal, variando de fotógrafo para fotógrafo. O fato é que ele consiste em um acessório muito mais acessível e leve, capaz de expandir as possibilidades de criação de imagens sem que seja necessário um investimento muito grande, como o que é feito com teleobjetivas muito longas.

Antes de adquirir qualquer equipamento fotográfico, é fundamental entender suas vantagens e suas limitações, adaptando o uso para a sua necessidade. Isso vale para qualquer tipo de acessório, bem como para o teleconversor.

Gostou do nosso artigo? Se interessou pelo teleconversor? Na nossa loja você pode adquirir modelos das mais variadas marcas e capacidades de ampliação. Corre lá para conferir e garantir logo o seu!

Você também pode gostar

3 thoughts on “Teleconversor: conheça suas vantagens e desvantagens

Deixe um comentário